Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quase nada

QUASE NADA

Vera Cabalini

Minha vida de repente
virou roupa surrada
no varal dependurada
sem vida e sem cor!
Minha alma adormecida
não encontra mais guarida
na alegria ou na dor!
Sou quase indiferença
cabeça que já não pensa
coração sem amor!
Sou parte desinteressada
sou apenas quase nada
ou o começo do FIM!
Sou canção desentoada
desafinando a madrugada
com as sobras de MIM!
vera cabalini
Enviado por vera cabalini em 12/08/2006
Código do texto: T214519
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
vera cabalini
Aracruz - Espírito Santo - Brasil
116 textos (3684 leituras)
61 áudios (3532 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:08)
vera cabalini