Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ainda há tempo...

Há quanto tempo espero o teu abraço...
Quantas vezes necessitei de teu olhar de apoio
Mas tu só me reprimias
Quantas vezes senti vontade de teu colo
Mas tu não me conduzias
Quantas vezes quis ouvir de ti um conselho
Mas tu não sabias me falar
Quantas vezes tropecei, caí, chorei
Mas tu só sabias me criticar
Que fiz eu de tão errado
Pra não merecer teus elogios?
Tentei ser a melhor,
Mas tu não me vias
Tentei ser bela borboleta
Mas no casulo  me prendias
Quis ser pássaro, ser estrela
Mas não te comovias
Que fiz eu de tão errado
Pra não merecer o teu encanto?
Há quanto tempo espero o teu abraço!
Corre, pai...
Ainda há tempo de merecer o meu amor...
12/08/2006
Luh Oliveira
Enviado por Luh Oliveira em 12/08/2006
Código do texto: T214891

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luh Oliveira
Ilhéus - Bahia - Brasil
141 textos (6954 leituras)
13 áudios (1544 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:49)
Luh Oliveira