Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

[Um Tango para Mim]

Passa da meia-noite... desperto, e estou só.
O escuro mata-borrão do teto do meu quarto
suga-me o olhar interrogante;
ansioso, escavo o ar... e nada!

Cavernas vazias, labirintos escuros —
esta noite não promete nada!
fugindo ao torpor que me trava o corpo,
levanto-me, vou até a geladeira.

A cerveja gelada virada na goela,
líquido derramado na areia escaldante,
desce por minhas entranhas
e acorda-me reclamos do corpo.

Essas veias pulsantes...
É uma pena, pena mesmo, esta noite assim,
cálida, mas tão sem rumo!
Não há nada a fazer... ou há?!
Sobra-me ânsia, falta-me objetivo!

Indócil, decido que algo deve ser feito;
faço então, um trato com o demônio —
ponho um tango para tocar!
Visto uma camisa branca, ajeito os cabelos;

Um toque de perfume, um aprumo do corpo;
narinas abertas, desço as escadas: estou à solta!
No vento noturno da invernada, o almíscar irresistível;
as ruas, os bares me chamam — Cavalo da noite eu sou!
Carlos Rodolfo Stopa
Enviado por Carlos Rodolfo Stopa em 14/08/2006
Reeditado em 07/01/2012
Código do texto: T216317
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Carlos Rodolfo Stopa e o site http://recantodasletras.uol.com.br/autor.php?id=1377). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
[Um Tango para Mim] - Carlos Rodolfo Stopa
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Rodolfo Stopa
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
958 textos (48316 leituras)
34 áudios (3345 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:22)
Carlos Rodolfo Stopa