Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arrebato, Amor!

 
[Ao Arrebata-me, Amor! de Fábio Pacheco]
 
 
Monto o cenário de luxúria e gozo,
te deito em meu corpo a descoberto,
te encaixo entre as pernas, gostoso,
te lanho em língua e dentes, é certo!
 
Cubro-te com os cheiros do pecado,
sorvo tua alma ao meu bel prazer,
faço do teu gozo um Pégaso alado,
iço-te céu, antes de ao inferno descer.
 
Salgo teu corpo e te dou a púrpura flor
fruta escorrida, à tua boca alucinada,
estremeço no teu frêmito, te dou amor
e arrebato-me êxtase, por ser amada...
 
http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/215921
 
Maria Quitéria
Enviado por Maria Quitéria em 14/08/2006
Reeditado em 10/09/2008
Código do texto: T216364

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mquiteria). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Quitéria
São Paulo - São Paulo - Brasil
1098 textos (344672 leituras)
1 áudios (2463 audições)
4 e-livros (3951 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:38)
Maria Quitéria