Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O POSTE

O POSTE ESTAVA ALI
OS OLHOS NÃO PERCEBERAM A SOMBRA
O CÃO VEIO ASSIM... MEIO VESGO, MEIO TORTO
O FATO ESTÁ CONSUMADO...
NO POSTE... A ÁGUA DORME AQUI.

AS PEGADAS DA VIDA VÃO RUMO AO POSTE
TALVEZ NOTIFICADAS, FINGIDAS...
OUTRORA O MEDO INTERROMPIA O CAMINHO
QUEM SABE A SENSATEZ IMPEDIA.

O POSTE SEMPRE ESTEVE AQUI
PARA O CEGO, O BÊBADO, O INCONSEQUENTE.
O POSTE ESTÁ INERTE... ABSORTO NA
IMOBILIDADE.

JAZ MIOLOS CEREBRAIS NO POSTE
ÓLEO NA PISTA... ÁLCOOL NO SANGUE...
O POSTE RI INFALÍVEL...
VITORIOSO DO CONFRONTO DÉBIL COM O HOMEM.
yanes lima
Enviado por yanes lima em 15/08/2006
Código do texto: T217392
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
yanes lima
Samambaia - Distrito Federal - Brasil, 47 anos
13 textos (230 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:14)