Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Invento

A noite sopra as estrelas,
Nuvens escondem a lua,
Chove meu roteiro no breu...
...madrugada silencia.

Olhos do poema se acendem,
A chama aquece meus dedos,
Amorteço a saudade e teço
A cumplicidade dos sonhos.

Absorvo as estrelas da noite
A boca traz a lua ao poema
Sou a madrugada em meus versos
Não importa o tempo, nem o vento.

Invento.
Pupila
Enviado por Pupila em 23/01/2005
Reeditado em 21/11/2015
Código do texto: T2182
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
652 textos (20913 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 10:41)
Pupila