Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vida negra

Olhar sem esperança.
Um homem sem vida.
Servir
Era seu lema.
O homem submisso
Servindo ao homem perverso.

Rosto negro.
Suor quente.
Cicatrizes nos braços.
Costas marcadas por chicotes ardentes.
Mãos calejadas.
A vida injusta continua.

Liberdade!
Um sonho de um amanha
Que nunca existira.
Um sonho almejado.

Sonhamos
Como o leão que corre pela selva verde.
Como a ave que voa pelo céu belo.
Como o peixe que nada pelo mar alegre.
Livres.


(poesia sobre a escravidão)
Papagaio
Enviado por Papagaio em 17/08/2006
Código do texto: T218671
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Papagaio
São Lourenço - Minas Gerais - Brasil, 25 anos
25 textos (913 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:40)
Papagaio