Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO HÁ NADA QUE EU QUEIRA MAIS

Não há nada que eu queira mais do que te ver
e reavivar em mim a tua imagem desvanecida
enquanto a minha alma já se turva na distância
entre o que fomos e o que poderíamos ter sido.

Não há nada que eu queira mais do que te ver,
sentir de novo a tua boca em brasa convertida,
o toque de teus lábios transformados em ânsia,
que inflamou de amor o coração que jaz partido.

Mas a vida não se demora nos dias passados,
por isso, se não vieres ao encontro prometido,
deixo agora de querer-te como sempre te quis.

Passo, então, a viver com o peito traspassado
e como a  ave que alça seu vôo mesmo ferida
ao teu lado não voltarei mais como sempre fiz.
José Luongo da Silveira
Enviado por José Luongo da Silveira em 18/08/2006
Código do texto: T219444
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Luongo da Silveira
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil
78 textos (1180 leituras)
1 e-livros (50 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:56)
José Luongo da Silveira