Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FUNÂMBULO

Impossível viver
sem passar pela morte.
Precisar de morrer
para voltar à vida.
Ficar sozinho no arame
sobre abismos sem fundo.
Fazer da fantasia um jogo
e alimentar-se dela.
Olhar-se nos espelhos
dum circo já vazio
como um túmulo.
E sofrer
sorver o cálix
dum veneno amargo e letal.
Atravessar o túnel
tenebroso
à procura de si.
Hibernar
até que finda a letargia
um dia
se liberte de ti voando
uma gaivota rumo ao infinito.

Orlando Caetano
Enviado por Orlando Caetano em 21/08/2006
Reeditado em 05/09/2006
Código do texto: T221752
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Orlando Caetano
Portugal
172 textos (15680 leituras)
26 áudios (2932 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:31)
Orlando Caetano