Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Transeunte

Vejo e não me agradam as
Flores sem flores no asfalto
O riso engolido o abraço
Estancado
Sorrio e o sorriso que abro
Não abre senão em mim
O grande buraco
De estar sozinho no mundo
E não achar a estação de
Desembarque.

E querer partir e sofrer
A linha de trens parados
Trens não partiram comigo...
...nem a morte.

Hora tenaz
Julio Urrutiaga Almada
Enviado por Julio Urrutiaga Almada em 23/08/2006
Código do texto: T223236

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Julio Urrutiaga Almada
Curitiba - Paraná - Brasil
116 textos (4424 leituras)
16 áudios (2023 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:28)
Julio Urrutiaga Almada

Site do Escritor