Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aleluia dos deuses

Por que Deus não me fez poeta?
Por que agora não posso dizer
Tudo o que todo mundo sente
Apenas nessas curtas linhas?

Estas poesias adolescentes não
Passam de tolices, de um momento.
E Eu não quero e nem posso ser
Poeta, pra que viver cortejando a
Morte, o sofrimento do amor, o mundo.

Afinal de contas essas mágoas,
Estas desgraças traduzidas em
Linhas de tintas negras, que eu
Escrevi quando sofria, nesses
Momentos de auto-tortura pretendo esquecê-los

Quando um dia sonhei, e sei que
Foram poucos instantes, e quando
Achei que podia ser feliz, me veio
A doença alertar-me de quanto eu sou pequeno!
Poeta.

Vim ao mundo por acaso
E agora estou partindo sem ter
Vivido, namorado, festejado.Estou vendo
O meu fim deliciar-se na ponta desta faca
Nas gotas deste veneno.
verme do riacho
Enviado por verme do riacho em 24/08/2006
Reeditado em 06/09/2006
Código do texto: T224032
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
verme do riacho
Juripiranga - Paraíba - Brasil, 30 anos
6 textos (42 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:04)
verme do riacho