Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bazófia

A barbárie etérea traz fulgor
Aos olhos do bárbaro.
A barbaridade de quem lhe negou
A mão e o beijo sobre a testa
E também a palavra reconfortante.

Bárbaro foi o pássaro que lhe negou
A triste sinfonia, a terra que lhe negou
O último abraço.
O abutre que lhe negou o último beijo.
E a morte que lhe negou, o travesseiro infido.
verme do riacho
Enviado por verme do riacho em 24/08/2006
Código do texto: T224040
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
verme do riacho
Juripiranga - Paraíba - Brasil, 30 anos
6 textos (42 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:19)
verme do riacho