Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doce vingança

  Eu não queria me sentir assim...
  sozinha...
  mas você me abandonou,
  e foi assim q me deixou.
  Tudo que eu não queria
  era te dar razão,
  mas tudo que você falou,
  de algum modo me tocou,
  e sem pudor me abalou,
  me deixando sem direção.
  a ferida que por você foi provocada,
  em meu coração ainda esta marcada,
  ainda não está fechada,
  precisa ser cicatrizada...
  Um dia te reencontrarei,
  e a ti direi
  tudo o que você hoje
  me privou de dizer.
  Um dia ao olhar,
  para meu rosto
  há de amargar,
  com desgosto ,
  tudo q me fez passar.
  A partir daí,
  tudo a mim ira lembrar
  e minha imagem
  te atormentar
  e te fara lamentar
  o quanto já lamentei.
  E quando a dor que sinto
  o seu peito invadir
  enfim, ira sentir
  tudo aquilo que sofri;
  enfim poderei sorrir
  e vingada me sentir,
  quando ver toda a dor
  que hoje me faz sofrer,
  seu peito absorver
  e te levar a reviver
  tudo que passei por você.


                 


                                             Obscura...
Obscura
Enviado por Obscura em 26/08/2006
Código do texto: T226097
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Obscura
Governador Valadares - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
40 textos (2516 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:54)
Obscura