Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imaginem o futuro....

Imaginem o futuro...
Casa lindas, maravilhosas
Pessoas ricas, poderosas
Crianças brincando com os seus robôs
Adultos negociando via internet
Carros andando praticamente sozinhos
A tecnologia substituindo o trabalho humano.

Imaginem o futuro...
Ruas cheias de mendigos
Pessoas pobres e sem esperança
Crianças brincando com as pedras
Adultos desempregados, sem dinheiro
Carros só para quem pode
E a tecnologia?? Aonde está??

Imaginem o futuro...
Matas verdes artificiais nos quintais das mansões
Passarinhos importados nas gaiolas
Animais de pelúcia em cima das camas
Casacos de pele no armário da madame
Tapete de urso na sala de jantar
Jogo de cadeiras de madeira nativa.

Imaginem o futuro...
Matas verdes só na imaginação
Passarinhos?? Todos presos!!!
Animais?? Todos mortos!!!

Imaginem o futuro...
Água potável muito rara
Mas o pouco que tem
Vai na casa dos que podem pagar por ela.
Alimentos enlatados
Culinária pouco saudável.

Imaginem o futuro...
Água potável não existe
Alimentos enlatados são muito caros
Culinária muito pouco saudável.

Esse é nosso futuro. Esse é o nosso mundo.
O que é demais nunca é o bastante.
São os dois lados de um futuro triste,nojento, sombrio, pobre.
Um futuro que pra todos é um fim.
Mesmo pra quem dispõe de tudo que hoje, o homem criou.
Futuro esse, muito mal planejado na cabeça das pessoas.
Um futuro, onde não foi investido no que é realmente preciso, mas sim, naquilo que mais nos traz conforto e comodidade.
É esse o futuro que queremos??
Um futuro com pessoas ricas, se fingindo de felizes. Pois, na verdade, tem tudo que precisam para algumas horas de lazer, mas não tem o que necessitam para viver.
Um futuro com pessoas pobres, sem menos ainda. Que não possuem nada de conforto, nada de tecnologia. E pouco tem para sobreviverem num mundo onde o ar vale menos que alguns trocados.
Fizemos do nosso presente, o oposto do nosso futuro.
Tiramos dos nossos filhos, o direito de usufruiur da natureza e de seus bens naturais.
Tiramos dos nossos filhos, o direito de se alimentarem adequadamente, de tomarem água potável, de terem um animal de estimação.
E principalmente, tiramos de nossos filhos, a felicidade, a honestidade, e uma das coisas mais importantes, que nos não tivemos na nosso geração: a igualdade entre as raças.
Mas agora, pouco adiante discutir sobre isso...
O estrago já está feito. E agora não adianta lamentar.
Se o amor é verdadeiramente um sentimento que não acaba, não devemos nos preocupar, pois os nossos filhos, para sempre vão nos amar. Mas eu espero que eles aprendam com os erros de seus pais, e consigam assim, fazer com que a sua geração, seja melhor que a nossa.
paulamiola
Enviado por paulamiola em 27/08/2006
Código do texto: T226362
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
paulamiola
Tapejara - Rio Grande do Sul - Brasil, 24 anos
20 textos (6199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:39)
paulamiola