Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu assunto

Longa noite
Assombrosa solidão
Pena e açoite
Ganha por ilusão

A cena gasta
Puro imaginar
Transformação casta
E logo ali está

O toque da luz na tez
Expõe o negro olhar
Arqueado em timidez
Navego de cá

Miro-te o interno
Por debaixo da carne exposta
E o pequeno frio do inverno
Tira racha em minhas costas

A vertigem é dominante
O suor incontrolável
Declara-me amante
Do erro inefável

Imensurável inépcia
Pobre meu penar
Condena à inércia
Estagnando-me ao brilho do luar.


Camilla Salla
Enviado por Camilla Salla em 27/08/2006
Código do texto: T226767
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Camilla Salla
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil
3 textos (131 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:03)
Camilla Salla