Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vão

Foi num dado instante, eu não tenho vergonha, ou arrependimento, pelo que aconteceu, ou pelo que nos acontece.
Eu nunca tive dúvidas, que amor e sexo poderiam não andar juntos, eu sei que não nos amamos, mesmo assim eu não me importo, embora eu saiba que nos mais cedo isto terá acabado, no entanto, não irei te cobrar ou culpar pôr alguma coisa, pois ao fazer isto, mais do que nunca estarei me criticando.
A cada momento, lembro dos primeiros toques, dos sussurros, das mãos e língua sobre meu corpo e do sorriso após o prazer...
E o mais importante, foi à segurança, cujo me deu a confiança sobre sua pessoa, a sua atitude desde o principio foi tão..., em vista de tão quanto...
Lembro-me... , jamais esquecerei!
Eu sei que tudo foi feito para não durar, pois nada é para sempre, talvez, por isso, quero mais do que nunca estar com você novamente.
Eu adoro sentir o seu toque, o seu peso sobre meu corpo e as ações que provocam nosso suor.
Eu sei que não posso esperar tanto de você, porém a única coisa que vos peço, é que tenha um pouco de cuidado quando quiser mostra-me que tudo já chegou ao fim.
“Talvez, seja, isto: Sinceridade num vão propósito”.
Láine
Enviado por Láine em 28/08/2006
Código do texto: T227484
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Láine
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
13 textos (849 leituras)
1 e-livros (86 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:16)
Láine