Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS OLHOS TEUS

São teus olhos, a razão da minha existência.
Não fossem por eles eu não estaria mais aqui
e não contemplaria esse bendito fruto,
céu de estrelas e planetas - via-Láctea.

O sol perderia o seu brilho se não fossem os olhos teus
e a lua, não inspiraria mais os poetas e dessa forma,
não iluminaria mais o nosso chão.
Minhas noites vazias seriam cada vez mais e
mais vazias, e, na solidão desse vazio
certamente eu morreria.

Não fossem teus olhos,
não existiria a beleza das flores e dos pássaros.
Não existiriam rios e lagos,
e por que existiria o ar,
não fossem teus olhos para respirá-lo?

Tudo que de mais belo existe
assim como a vida e tudo que no mundo há,
são por causa dos teus olhos, para contemplá-los.
Carlos Medeiros
Enviado por Carlos Medeiros em 31/08/2006
Reeditado em 06/04/2008
Código do texto: T229690

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Caco Passarinho http://www.recantodasletras.com.br/autores/cacopassarinho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Medeiros
Aracati - Ceará - Brasil, 56 anos
45 textos (5257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:28)
Carlos Medeiros