Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Camões e Portugal

 
 
Do berço que o viu nascer
Conta a História lugar incerto
Em Coimbra , nas letras enriquecer
Em Lisboa se torna intelecto
 
Na poesia lírica de Camões
Emergem ondas de vaga espuma
Elegias com fidalguia e ilusões
Navegam sonetos entre brumas
 
Na caravela dos seus sonhos
Navegam desterros e amores
Em Ceuta horrores medonhos
Em pautas , partituras de flores
 
De nobre a soldado em combate
Foi em Ceuta seu destino assinado
Na "Canção Lembrança da Longa saudade"(*)
Descreve a perda de visão , aniquilado!
 
P'lo Oriente, memórias comovidas
Na travessia do "Cabo" "Os Lusíadas"(*)
O naufrágio, a perda d'alma querida
(*)"Alma Minha Gentil, Que Partiste"Iresías !( Do destino )
 
Do naufrágio só restou a alma
Tesouros no mar escondidos
Do amor que partiu... a calma
Dos Poemas salvos; Rendidos ( O Mundo )
 
Um dia especial então nasceu
Dia de Camões não há igual
Tesouro náufrago que á costa deu
Um nome de Glória Imortal
 
Camões, Lusíadas, Portugal!
Gritos de Honra e de Glória
Prêmio Honoris Mundial
A estender, pela nossa memória
 

Abril -2005
 
 
(*)Poemas consagrados de Camões;
Poema In _ Dois Povos um Destino _ Declamado na voz de Andrea Motta
Cecília Rodrigues
Enviado por Cecília Rodrigues em 31/08/2006
Código do texto: T229769
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
Camões e Portugal - Cecília Rodrigues
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cecília Rodrigues
Viseu - Viseu - Portugal
129 textos (5673 leituras)
5 áudios (542 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:31)
Cecília Rodrigues