Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diálogos nada dialéitcos

Tudo ser incerto é atrativo
Pequenas certezas são apenas incentivos
Que me convidam a ilusionar
A pensar, a sonhar, quem sabe um dia a amar
Amar? Qual é a sua verdadeira designação?
Crenças de uma falsa paixão?
Ou real? Nem tudo é igual
Busco explicações, nada de chavões
Semi-entendimentos já não me satisfazem mais
Pergunte, busque o real sentido
Não acredite que tudo está entendido
Sua mente falha enquanto minha boca trabalha
O que eu penso, pra você pode não ter senso
O que sai, nem sempre entra
Seus adjetivos não me fazem caminhar
Quero algo real, criticas sobre meu ideal
Assim eu aprendo, nós aprendemos
E nessa dialética derrubamos a ética
E resta ao veredicto corromper a estética de imaginações poéticas.
M K
Enviado por M K em 08/06/2005
Reeditado em 13/12/2008
Código do texto: T22998

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Marcos Vinicius Kaminski Filho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
M K
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
52 textos (2381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:42)