Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHAMA ACESA

Ponto de luz na escuridão da noite
Antes distantes, agora uma chama  acesa.
Aquece a alma em calor ardente
Intima, ardente, em silencio se pronuncia.

O brilho da chama iluminou seus olhos
Luz que na intimidade se tornou presente
Somem-se os medos e as agonias
Unindo lábios, a tremer em doce murmúrio

Olhos escondem suavidades, pensamentos
Refluxos ardentes em minha alma cálida
Único som a se ouvir na noite, doce murmúrio
Como o acaso, um pensamento antigo, acalmas

Apenas se ouve a voz que escuto em mim
E quando o som do seu peito dorme
Sua face brilha na luz da chama acesa
E cala minha alma, transparente, trêmula.
LIA
Enviado por LIA em 08/06/2005
Código do texto: T23008
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LIA
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
22 textos (1057 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:44)