Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosa Carmim

Devaneios... Incertezas...
A volta a um passado não distante
Esqueceu a dor e o pranto
Era o jogo do amor.

Máscaras escondem o olhar triste
A lagrima que escorria disfarçada
Foi derramada sobre a rosa carmim
A pétala chorou, como sangue que escoa.

Como se cria uma pessoa especial?
Luz que se abre assim como a rosa.
Que brilha, encanta.
Fonte de beleza, e de amor.

Que rosas se abrirão?
Botões de cetim levam-me a sonhos e desejos
Cada pétala é um pedaço de mim,
Teu nome será mulher...

O dia se torna noite
Ao longe o vento sopra sonhos
O canto da amada se torna presente
Suaves, mórbidos, serenos.

Rosa carmim que repousa sobre as luvas.
Suave, sem que as pétalas se machuquem.
Tudo se passou, tudo foi revivido,
O passado apagado em beijos e lágrimas.
LIA
Enviado por LIA em 08/06/2005
Código do texto: T23018
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LIA
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
22 textos (1057 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:26)