Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ciúme

Ciúme por que me invades ?
Pois nestes tempos modernos
Não há lugar para ti.
Não lembras do acertado?
Ela não me pertence de fato
Nem eu a ela por certo.
Esquecestes do combinado?

Ciúme, melhor deixar.
Vai tirar o sono do outro,
Daquele dos sonhos dela,
Fantasias que não posso dar.

Ciúme tu és inveja,
Despeito e noite ruim.
Mas tem essa força insana .
Me domina sem que te chame.

Pois faço um trato contigo.
Encosta naquele banco,
E olhe pro próprio umbigo.
Me dê um tempo, um minuto.
Deixa eu sentir nessa ânsia ,
Se consigo conviver contigo.

Já te tenho utilidade.
Serás minha companhia,
Te farei de confidente.
Quando ela, toda contente,
para ti, de novo, voltar.
rogerio
Enviado por rogerio em 08/06/2005
Reeditado em 17/07/2006
Código do texto: T23176
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
rogerio
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 56 anos
11 textos (744 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:10)