Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Claridade


Claridade

Ela está tão confusa
Mas tudo está tão claro...

Alma de vidro,
Coração de passarinho,
Sensível demais...

Presa na gaiola
O amor quer voar
Mas fica presa na teia
De não sei o quê
Ninguém consegue ver

O sol está lá fora,
O frio também.

A ventura está esperando
O azar não sabe.

Ah amor...
Liberte-se.
Se a vida te ofusca,
Eu ensino o caminho.

Daniel Pinheiro Lima Couto

02/09/2006






Daniel Couto
Enviado por Daniel Couto em 04/09/2006
Código do texto: T232363

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Daniel Pinheiro Lima Couto). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daniel Couto
Curitiba - Paraná - Brasil, 34 anos
110 textos (6652 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:21)
Daniel Couto