Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem ao 7 de setembro

deitado em berço esplêndido
arroto o meu hino
desconjuntado
exalo
o cheiro de alcool
e limpo a bunda
com minha bandeira.
o batalhão de soldados
enfileirados
esperam o meu comando;
trovejo à corneta
um grande peido
prontamente obedecido,
pelos mosquitos
que me cobrem de beijos.

a bandeira toda suja
trêmula no alto
Gritos uivos brados,
de baixo
a caravana se esperneia,
embriagada pelo civismo
do meu escarro.
quando digo que não havera salário
pelo dia,

"nem pão, nem bolsa-família?"

me cortam ao meio,sedentos por carne
e voltam as suas casas,
orgulhosas de si mesmas.
daniel rodrigues
Enviado por daniel rodrigues em 07/09/2006
Reeditado em 07/09/2006
Código do texto: T235030
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
daniel rodrigues
Londrina - Paraná - Brasil, 33 anos
61 textos (2261 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:25)