Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE APRENDER MORRER

À bica do êrmo
assiste feito arado quieto
como a contemplar capim
como nem necessário ser.
 
O sabor do calado
aquele turvar de conversa
confiava-lhe horas severas
com delicadeza de andor.
 
Era sempre assim ao sair de casa
a cancela misturando os rumos
os rumos se enlaçando no andar
desmerecendo as normas
desviando o olhar (...)
Célio Pedreira
Enviado por Célio Pedreira em 11/09/2006
Código do texto: T237848
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Célio Pedreira
Porto Nacional - Tocantins - Brasil, 57 anos
10 textos (256 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:43)
Célio Pedreira