Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na Ponte

Confesso não conseguir
Dar à vida a forma exata
De minhas sensações e pensamentos

O fato é que, seja por vingança
Ou por pura ordem da física,
Também não extraio dela
O necessário para o meu contentamento

Nada se completa:
A felicidade não nasce
A tristeza não morre

Instala-se uma ponte de incompreensão
Onde não se descobre o lugar de cada coisa
As sensações vagueiam numa ponte sem horizonte
Os pensamentos perdem-se nos vazios das palavras

de Castro
Enviado por de Castro em 12/09/2006
Código do texto: T238240
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
de Castro
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
17 textos (268 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:32)
de Castro