Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

...CHORO ANGELICAL...

as nuvens negras no céu
predizem a chegada
do choro dos anjos

o som dos trovões
imitam o meu
grito de solidão

os balanços dos parques
já estão vazios
todos se foram

parece que ninguém respirou
parece que nada sobrou
do que não parecia existir

todas essas coisas quebradas por aí
e o vento sem piedade
carrega cada centímetro de cada pedaço

não há ninguém pra conversar
não há vida... pelo choro dos anjos
sou engolido...

a cada grito de solidão
a água fria penetra nos meus ossos
e me afoga, sou invadido...

constantemente, nos encontramos
eu e os anjos, mas com suas asas
nos dizem adeus...

e suas sinfonias
nos encantam e
nos desprezam

as estradas e ruas estão todas vazias...
isso só faz meu grito ecoar... ecoar...
só faz meu anjo chorar...

em suas sinfonias, ouço desprezo
por suas perfeições, fico em pedaços
e o vento sem piedade, me leva

nada do que parecia existir
me faz gritar, não há vida...
não há mais nada pra falar...

com o bater de suas asas me dizes adeus...
constantemente, ás águas me invadem
e as nuvens negras predizem que meu anjo irá chorar
Menino
Enviado por Menino em 10/06/2005
Código do texto: T23827
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Menino
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
37 textos (1424 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:28)
Menino