Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reza irônica

Reza irônica

A alegria divina
Vai reviver na revoada
Das armas cinzentas,
Na seca vermelha,
No orgulho mudo,
Nas diferenças mortas.

O amor vai cantar
Quando o novo
Respeitar o velho
Onde reina os testamentos,
Malditos enervadores de verdades.

Paz na Terra
Manifesta só em bandeiras,
Brancas de nada.
Glória somente nas alturas,
Por que é só silêncio.

Nações ricas de pobres,
Poucos podres de ricos,
 Narizes do mundo
Que apontam os próximos mortos
Com seus pés de chumbo
Em busca do vaidoso lucro.

Mas um dia,
Escuro do futuro,
Regaremos com lágrimas
O solo não mais gentil.

A mãe morrerá ao sol
Do lado da fonte que secou.

Até o pão amassado e duro
Vão pedir pra voltar.

Lançarão um grito
De súplica e desespero.
Rezaremos trêmulos,
Semi-Lúcidos:
Pão nosso que estais na terra,
qual canto seco se encontras??!!

Daniel Pinheiro Lima Couto
12/09/2006













Daniel Couto
Enviado por Daniel Couto em 12/09/2006
Reeditado em 18/04/2011
Código do texto: T238333

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daniel Couto
Curitiba - Paraná - Brasil, 34 anos
110 textos (6652 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:36)
Daniel Couto