Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VENTANIA *

                 Dou um passo,
                 O solo recua dois.
                 O vento revolve os cabelos,
                 O talento passa voando.
                 Um jornal vagabundo
                 Gruda na minha barriga,
                 Dou a luz  a uma canção.
                 Folhas secas em redemoinho,
                 Angustiam o coração,
                 Questionam minhas certezas
                 Provocam a discussão.
                 Sou apenas poeta,
                 Das coisas e das emoções,
                 Não vejo inspiração,
                 No vento em turbilhão.
                 Vendaval é vida,
                 De párias e vagabundos.
                 Por mim, finjo ignorar a ventania.
                 Jogo meus versos no espaço,
                 Observo-os planarem por um instante,
                 Abrigo-me no colo da amada,
                 Pois tenho medo do vento.



* Extraido do E-book A PORTA DA PALAVRA publicado neste Recanto.
Humberto Bley Menezes
Enviado por Humberto Bley Menezes em 13/09/2006
Código do texto: T239520
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Humberto Bley Menezes
Curitiba - Paraná - Brasil
94 textos (5962 leituras)
3 áudios (514 audições)
2 e-livros (91 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:41)
Humberto Bley Menezes