Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Manhã

Pela fresta da janela entreaberta gentilmente
Fragmentos de luz sustentam ilustre aurora
E a manhã que floresce perfumando lá fora
Brota sublime fortalecendo a semente.

Gotas de orvalho purificam a paisagem
Em nuances que enfeitam os olhos ao fundo
Como um retrato enlevando o mundo
Convidando o interior a uma delicada viagem.

Inebriante paz sutilmente invade o aposento
E transborda fulgor no dia já tão desperto
O sol se mostra dourado triunfante a céu aberto
Doce alegria da vida derramando acalento.

A manhã chegou enaltecendo a esperança
E jaz o breu que se desfez languidamente
As estrelas se esconderam elegantemente
E a noite de repente se perde na lembrança.
Lú Garcia
Enviado por Lú Garcia em 15/09/2006
Código do texto: T240829
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lú Garcia
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
25 textos (600 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:36)
Lú Garcia