Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eterno Amor

Era uma triste noite, fazia tanto frio quando eles o buscaram. Calado pelo sofrimento, com as mãos inundadas de sangue ele se esvaeceu entre os braços de sua amada. Entre o medo e as lembranças de um amor vivido, suas lágrimas correram pelo seu rosto, quando ela o beijou. Com o corpo gelado, e a tristeza no olhar, ele se foi, sem poder dizer adeus.
Sua alma estava lá naquele lugar, frio, sombrio. As árvores balançavam lentamente e as vagas lembranças ainda estavam em sua mente.
Vagando pelo nada, ele viu a imagem de uma criatura indefesa ajoelhada em um túmulo, derramando suas lágrimas. Ele a viu, era a sua amada, se esquivou para abraçá-la, mas ela não o sentia.
Ele a admirava como um ser superior, ele olhava em seus olhos e sentia o medo, a angústia e a solidão. Apenas naquele momento ele ficou ali junto a ela e a saudade
Todos os dias ela visitava o seu túmulo tentando de alguma forma libertar um pouco do seu sofrimento.
Anos se passaram, e ela se foi com a morte. E este amor perpetuou entre esses dois anjos que se amaram na vida e na morte.
MayaraS
Enviado por MayaraS em 16/09/2006
Reeditado em 30/01/2009
Código do texto: T241335

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MayaraS
Campina Grande - Paraíba - Brasil
94 textos (8225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:59)