Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema multívago


A insensatez se faz presente
Devaneios...
Dores...
Meros sonhos.

Tento despertar
Não sou forte como pensam
Sou errante
Vago pelo mundo.

Entrego-me ao absinto, ao ópio
Ainda tenho sonhos contigo
Já roguei para saíres deles
Será culpa dos alucinógenos?

Peço-te novamente
Deixa-me!
Deixa meu errante coração!
Deixa-me enquanto ainda subsisto.

Não perdurarei
Gostaria de ser um ataráxico
Porém, estou velho e cansado
Livros e discos, eis o que tenho
Ah, também te tenho em meus sonhos
Contudo, não quero mais.
Hugo Leonardo Ferreira Rocha
Enviado por Hugo Leonardo Ferreira Rocha em 16/09/2006
Código do texto: T241651
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hugo Leonardo Ferreira Rocha
Recife - Pernambuco - Brasil, 37 anos
27 textos (1110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:53)
Hugo Leonardo Ferreira Rocha