Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

quotidiano no feminino


És Mulher de vida.

Trazes no rosto cansaços da labuta quotidiana.

Nos seios aprazimento maternal.
no coração benquerença fraternal.

Baloiças em constantes cordas bambas
jogos de equilíbrio
em permanente risco de queda
que te arraste aos dias sem lágrimas

de mulher da vida

Dez. 2005.

Manuel C Amor
Enviado por Manuel C Amor em 16/09/2006
Código do texto: T241726

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manuel C Amor
Portugal
46 textos (681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:48)
Manuel C Amor