Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vingança dos Seres Nefastos

Entre as névoas da negra noite
Sob a pálida lua
É chegada a hora do rito final

Os portões se abrem
Ao comando do uivo dos lobos
Sussurros ecoam no castelo negro
Os seres nefastos
Iniciam a vingança dos mortos nas fogueiras

“- Sintam o fogo e a dor
Sofreram o ódio e o desprezo
De nós, os seres nefastos
Sob as ordens da vingança”

“Guerra, Ódio e Supremacia
Vejam o inferno em nossos olhos
Sintam a fúria em nossas mãos”.

Os portões se fecham
Os lobos famintos
Extirpam a carne dos condenados
Sob a luz da lua, a vingança foi concebida
Os gritos ecoam pela floresta
Do último minuto de suplício

As sombras dos seres nefastos
Sumiram com a pálida névoa
Os seus olhares estão na floresta
E os seus sussurros na escuridão
Em busca de outros seres malditos
A fim de iniciar um novo rito
A eterna maldição.
MayaraS
Enviado por MayaraS em 17/09/2006
Reeditado em 30/01/2009
Código do texto: T242587

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MayaraS
Campina Grande - Paraíba - Brasil
94 textos (8225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:11)