Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Di-agnóstico

DI-AGNÓSTICO


Tenho medo de reconhecer
Mas também de negar
Não consigo reconhecer
E por isso
Não quero acreditar

Não quero reconhecer no escuro
Nem desacreditar pela escuridão
Ficar em cima do muro
Parece ser a solução

Queria defender um lado
Quem sabe uma causa
Mas para isso preciso de convicção
e motivos
Ser tábua rasa

Aqui já é tábua rasa
E todo mundo escreve
Mesmo que eu não goste
Chapiscado, chamuscado
Ando, assim
Para tudo que é lado
Sem fé
Só esperança
Se é que estas caminhem em separado
Não sei
Só sei que sou dele
De quem não conheço
E cansei de procurar
Por achar algo no mínimo dispensável
Uma vez que é evidente
Mas não como o do crente
Que desenha seu rosto em moralismos
Ou do pintor idólatra
Que joga aos incautos suas fisionomias
E sua mensagem passa longe
Da mensagem original
Que foi plantada em nossas almas

Este é o meu caso

Amém
Benito Cecá
Enviado por Benito Cecá em 18/09/2006
Código do texto: T243455
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Benito Cecá
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil
118 textos (2494 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:38)
Benito Cecá