Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

[perfeito o nome mas sem rosto]



perfeito o nome mas sem rosto

como sombra inclinada pela dor

 

indícios deixados por um deus

obcecado em atear

o fogo criador de labirintos

 

e o nome reside resiste

pronunciado dentro das estrofes

na face de cada verso

no silêncio nado em cada sílaba

 

embora o não escutes ele diz-se

entrega-se ao corpo do vento

e fende o gesto das pedras

 

pressentem-se as unhas crivadas

profundamente

na própria pele do tempo

 

e são seus os dedos sabes

o que sentes nos cabelos

quando a noite se deita a teu lado

 

sem rosto

mas perfeito é o seu nome

Xavier Zarco
Enviado por Xavier Zarco em 23/09/2006
Código do texto: T247061
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Xavier Zarco
Portugal, 48 anos
38 textos (1048 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:38)
Xavier Zarco