Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

[junto à margem narciso estende a mão]



junto à margem narciso estende a mão
deseja negar a queda
sair do espelho para onde entrara
e ser de novo o que antes fora

mas ninguém o vê
ninguém escuta o seu grito
nada surge na flor do seu olhar

somente sente a água as ervas
as árvores os pássaros
os cavalos correndo na distância
porque o vento embala
em seus braços seu odor

a suave fragrância
de quem vive sem amarras
Xavier Zarco
Enviado por Xavier Zarco em 25/09/2006
Código do texto: T249092
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Xavier Zarco
Portugal, 48 anos
38 textos (1048 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:47)
Xavier Zarco