Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caleidoscópio

Sorrateiramente
penetro em teu coração
e liberto o que encontro,
apertado de paixão.
Mergulho num rodopio
de cores... de emoções...
qual vertiginoso embalo
de colinas... de vulcões...
que procuram com afã
penetrar aos sopetões.
 
Passa o branco da pureza,
o vermelho da paixão,
o cinza da incerteza
e o rosa da união;
atrás vem o púrpura,
cor sofrida e finada,
e o preto carregado
de uma alma enlutada;
vestido de avareza,
o amarelo já dança,
e a seu lado ondeia
o verde da esperança;
do castanho que sustenta
ao laranja de favor
a cor que sobressai
é o azul do amor.
 
De pronto as tento agarrar,
as cores quero apanhar
para poder logo montar,
unindo pétalas de flores
com aroma a furacões,
um caleidoscópio de cores...
um caleidoscópio de emoções.
António CastelBranco
Enviado por António CastelBranco em 01/10/2006
Código do texto: T253525
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António CastelBranco
Portugal, 56 anos
57 textos (1698 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:54)
António CastelBranco