Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Obra de arte

Obra de arte
O Poema
A ferida
Largada
Entre fezes em vazos
Revelar ai vazo
O que tem em si
A desgraça
Da prostituta
Que abre suas pernas
Para entrar
O Pênis Grande
Em sua cova
Alcanse
O ser Poderoso
Rasgar sem dor
Sendo canibal
Que fere
Que sangra
E chupa
Retalha
O sonho da Puta
Pra ser eternamente
"O Homem"
Sendo ambicioso
Fica na nudez
Junto com ela
Manifestando
Junto com a dor
Pra ter orgasmo
Drenar a vida
Suas partes
Que era praser sexo
Esta sendo Estrupada
Pelo assacino
Ela queria
Sentir o prazer
Senti a dor
Por que O Homem
É troglodita
Atirar na mosinha
Para ter
Um sexo praxeiroso
Quando acaba
Dá apenas 0,35 centavos
E uma futura morte
augusto barbosa
Enviado por augusto barbosa em 01/10/2006
Reeditado em 15/10/2006
Código do texto: T253858
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
augusto barbosa
Ananindeua - Pará - Brasil, 26 anos
7 textos (146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 11:01)