Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

[não quer o viandante mais que a via]



não quer o viandante mais que a via

onde seus passos ergue em pó

recolhendo palavras

lapidando-as para a colheita

do seu próprio epitáfio

 

mas a via

é mais que a soma dos seus passos

tecida em dédalos de espanto

 

faz-se de cinza e sal

na lareira do tempo consumido

e de fogo e voo

na exacta medida do olhar

 

não quer o viandante mais que a via

embora nela acordem punhais

de traição

em mãos ditas de amizade

 

e o ombro ofertado nasça

em corpo

por si escorraçado

 

mas a via

é mais que o espelho ou seu reflexo

 

é a descoberta

da voz simples da terra

em que cada coisa cumpre

a sua própria caminhada

 

não quer pois o viandante

mais que a via

 

uma ara o aguarda

quando enfim souber

 

compreender

 

que esta reside

no templo que se ergue em seu corpo

 

porque é a via o viandante

e o viandante faz a via
Xavier Zarco
Enviado por Xavier Zarco em 03/10/2006
Código do texto: T255495
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Xavier Zarco
Portugal, 48 anos
38 textos (1048 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:04)
Xavier Zarco