Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

pop eu fendi te

Entumecido desgosto-te um tanto
e tento tocar te ao meio
língua no seio:
Sei, queres, me não querer.
Assim sendo nem tão minha, quão tua és,
quase mimosa em luas
vestes finas, e tua pele em seda
crua e virgem. Vertigem...
Anseio é tanto e eu tão lento,
inda não tenho o invento
que tocará tua pelve
a púbica sede, te beber em néctar de um instante...
Um, momento: A campainha, os mil sinos na minha cabeça te roçando e gemendo
uma boca seca e cerca-te a língua em tais jeitos
se perde..Em teu encontro meus dentes, silentes dementes
pra perverter, verter-te, sangue e seiva,
em selva, seminal vencer sem medo
o oculto lado da tua...
 Face.
maddock
Enviado por maddock em 04/10/2006
Código do texto: T255817
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
maddock
João Monlevade - Minas Gerais - Brasil, 46 anos
5 textos (54 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:35)