Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Menina profana

Mecanicidade animalesca a que acostumamos e acomodamos todos os nossos sentidos e desejos, dos mais singelos aos mais sórdidos. Foi a única explicação que encontrei nesse universo de desculpas ínfimas pra me convencer da futilidade que é ainda quere-te.

Acreditamos sermos os melhores pra quem queremos que sejamos os melhores. Mas quando não há comprometimento, em todas as esquinas existem pessoas melhores.

Os poros se exaurindo em testosterona, e meu quarto escuro com medicamentos à base de lítio. Concorrência totalmente desproporcional.

Os rastros que você deveria deixar, estão sendo deixados por eles. Eles querem que você vá até a jaula. Mas você vai porque gosta. Gosta de sentir a ponta do seu útero tocada promiscuamente sem repetição de faces em êxtase. Deve ser por isso que você abomina espelhos.
Marcelo Mosque
Enviado por Marcelo Mosque em 04/10/2006
Código do texto: T256086
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Mosque
Fortaleza - Ceará - Brasil, 38 anos
18 textos (816 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:15)
Marcelo Mosque