Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cantilena


Saí daquela cidade sombria
de ruazinhas sujas e tortas
chamada Solidão.

Hoje vivo na alameda Felicidade,
nessa rua, hoje minha, ladrilhada
com o brilho dos teus olhos.

Mas meu prédio, ainda em construção,
Ostenta com letras largas
numa plaquinha branca e preta:

Há vagas
dentro do meu coração.
André Damázio
Enviado por André Damázio em 05/10/2006
Código do texto: T256750
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Damázio
Votorantim - São Paulo - Brasil, 41 anos
6 textos (76 leituras)
3 áudios (109 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:29)