Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ausência

Na noite silenciosa...Ouço vozes
Não sei de quem são, mas ouço-as
Parecem agitadas
Falam...De ausência
Porém...Não se entendem, e discutem
Dizem umas que, a ausência...
Não existe
Só existe...Na nossa imaginação
Outras...Porém discordam
Dizendo...
A ausência, existe
Existe...Por falta de amor...
Carinho...Amizade...E um não sei quê,
De razões
Para...A tal ausência
Eu...Ali fiquei
A ouvir as vozes, discordando
Se haveria...Ou não ausência
Mas afinal...
De que ausência estavam a falar!
Será da ausência...De afectos!
De serenidade!
De responsabilidade!
Ou será talvez...
Ausência de tudo!
Ou de nada?
É que a ausência de nada...
É a pior...De todas as ausências
É quando nos ausentamos...
De nós próprios
Aí...Perdemo-nos
Completamente...
Mário Margaride
Enviado por Mário Margaride em 06/10/2006
Código do texto: T257476
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mário Margaride
Portugal, 64 anos
373 textos (27602 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:59)
Mário Margaride