Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sonhos

No limiar da noite
ofereço-me a calmaria
dos dias apressados,
sem flama,
descoloridos,
lentos.
Rasgo gestos premeditados,
visto longas vestes
negras,
opacas,
que ofuscam
a aurora
de uma viagem pensada.
Guardo sorrisos
numa concha hermética
lanço a chave
na profundeza dos sonhos.

-Lá, só vou eu
e meus convidados -.


Rosa Maria Anselmo

Rosa Anselmo
Enviado por Rosa Anselmo em 09/10/2006
Código do texto: T260173
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Anselmo
Portugal
11 textos (186 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:30)