Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vida Perseguida

Eu perdi tantos sentimentos em cada chão que caí
Em cada dor que eu vi renascer em mim!
Eu estava quase vivo e quase morto
Em cada vez que caia e continuava lá!

Ando com tantos medos que até de mim eu me escondo!
Medo de olhar para trás e ver a minha sombra escura
E não achar mais ninguém
E muitas vezes nem me achar mais!

Mas hoje, talvez, seja o tempo de mudança!
E quando eu quiser me achar, eu procurei
Tudo que a vida houve de provir
Tudo em que eu fiz razão de perder!

Mas o dia é novo!
E eu posso levantar e ver e crer
Mesmo que eu: nem levante mais; não veja mais a noite; nem creia mais em mim...
Posso vencer a cada dangerosíssima viagem de mim a mim mesmo!

Eu sou o poeta que sabe amar e viver
Eu sou o poeta que sabe descrever a vida presente
O amor presente, a dor presente...
A vida, apenas, em cada laço de paz!
iuRy
Enviado por iuRy em 10/10/2006
Código do texto: T261190
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
iuRy
Olinda - Pernambuco - Brasil, 28 anos
71 textos (1342 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:39)
iuRy