Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




CADEIRA CATIVA


Na Nau da Alma dos Poetas
Quero ser a navegante antiga
E a passageira de primeira viagem;
A que se guarda taciturna na cabina
E a que se expõe gaiteira no convés.


Quero me abandonar aos versos sem desvelo,
Deixar que me redefinam as feições do rosto,
Que a melodia das sílabas brinde meus ouvidos,
Que as estrofes se espalhem sobre meus cabelos,
Que pousem nos meus olhos e me subjuguem os sentidos.


Quero devanear entre imagens pintadas com letras,
Fotografadas na retina de corações garimpeiros,
Fantasiar paisagens que não vi e cenas que não vivi...
Invejar as musas que geraram versos,
Amar os vates que os escreveram
.

Quero fazer o contraponto dos ritmos e rimas,
Dos versos brancos e (des)encadeados,
Dos haicais, rondós e redondilhas.
Ser o alaúde, a flauta, a lira, o acordeão, o violino
Na partitura de uma poética trilha.


Quero ser a cantora, a atriz, a bailarina,
Ser a platéia, a amante, a diletante,
Ser as mãos, as vozes e as lágrimas
Que ovacionam os versos
E aclamam os poetas.


     Venha, poesia!
     Seja a cadeira cativa dos meus dias.


08/01/2005 



 Imagem:  "Apollo and the Muses on Mount Helicon", de 1680, Claude Lorrain. Representa o Monte Hélicon, Apolo e as Nove Musas:  Clio, Euterpe, Melpômene, Terpsícore, Érato, Polímnia, Urânia, Calíope e Talia.
KATHLEEN LESSA
Enviado por KATHLEEN LESSA em 12/10/2006
Reeditado em 28/10/2014
Código do texto: T262656
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
KATHLEEN LESSA
São Paulo - São Paulo - Brasil
3682 textos (2129435 leituras)
14 áudios (7338 audições)
36 e-livros (47493 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:37)
KATHLEEN LESSA