Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEMPESTADE NA ALMA

E a quietude da alma flutuava nas ondas sossegadas
da amizade... do amor...
quando ela, de repente, entoou seu grito de dor
pelas estradas errantes do horizonte infinito!
 
Sentimentos magoados...emoções descompassadas...
delírios temerosos...aflitos...que arrastam minha alma sofrida
nas vagas tristes e indignadas do Destino...
 
Nuvens zangadas vestem o céu que cai sobre mim...
enxurradas de angústia, traição...ventos irados
furtam-me as lembranças coloridas nas tempestades
do meu sentir...dos meus sonhos roubados...apunhalados...
 
Venham as ondas gigantes...levem-me as saudades
sepultadas no anoitecer das minhas vontades naufragadas...
E que o vendaval  enfurecido cesse enfim...
e me devolva a esperança perdida na caravela das ilusões...
 
Que minha alma renasça na calmaria de um novo amanhecer
Que o sol me sorria com os seus raios luminosos de alegria
e me desenhe o arco-íris tresmalhado no meu coração.
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 22/06/2005
Código do texto: T26811

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (6828 leituras)
1 e-livros (100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:24)
Fanny Estrela