Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cigana

J B Carneiro

Cigana de povo nômade
Dance o flamenco da Andaluzia
Vista-se de mil cores
E mostra-me a tua magia
Devota de "Santa Sara"
Reverenciada pelo teu povo
Na língua romani
Pede a escrava de novo
Fortifica-te com Dou-la ou Bel
Queimando o teu incenso
Espalha o cheiro agradável
De cravo canela e coentro
Obedece a teu Rom
Porque ele sabe o que faz
Evita passar por Kaku
Ele só que tua paz
És guardiã da liberdade
Tua alma perfuma os caminhos
Mas, evita ser mãe-de-tribo
Afasta-te dos espinhos
Mas vamos ao que interessa
Fale dos dias meus
Olha minha buena-dicha
Veja o que a vida escreveu

www.jbpoesias.com
Jose Belarmino Carneiro
Enviado por Jose Belarmino Carneiro em 19/10/2006
Código do texto: T268191
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Belarmino Carneiro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
13 textos (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:31)
Jose Belarmino Carneiro