Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE BRAÇOS DADOS

em 1981 escrevi meu primeiro poema
desde então
não escrevi para ter a namorada mais bonita
não escrevi para ter a namorada mais inteligente
não escrevi para ser um cidadão melhor
não escrevi para falar mal de guerra alguma
não escrevi para meu time de futebol
não escrevi em homenagem ao meu país
não escrevi para tentar entender o mundo
não escrevi para exaltar a caridade
não escrevi para exaltar a deus
não escrevi para laurear um herói

nada
nunca

apenas um dúvida me persegue
e com ela consigo


* este poema foi escrito há mais de 10 anos, mas só ganhou este título - definitivo - quando a sugestão partiu de uma ouvinte que participava do sarau "arte-canal", promovido pelo grupo de teatro experimental "alucinógeno dramático", penha, sp.
Escobar Franelas
Enviado por Escobar Franelas em 19/10/2006
Reeditado em 13/02/2014
Código do texto: T268231
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Escobar Franelas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
871 textos (104389 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:41)
Escobar Franelas